Dermatite de contato: irritativa e alérgica. Saiba tudo! 1

Dermatite de contato: irritativa e alérgica. Saiba tudo!

Dermatite de contato é uma reação inflamatória na pele provocada pela exposição a um agente capaz de causar irritação ou alergia.

Existem dois tipos de dermatite de contato a irritativa e a alérgica. A irritativa é causada por substâncias ácidas ou alcalinas. Dentre eles: sabonetes, detergentes, solventes ou outras substâncias químicas. Pode ocorrer na primeira vez em que a pessoa entra em contato com o agente causador. As lesões da pele geralmente são restritas ao local do contato.

A alérgica ocorre depois de repetidas exposições a um produto ou substância. Depende de ações do sistema de defesa do organismo, e por esse motivo pode demorar de meses a anos para ocorrer, após o contato inicial. Em geral essa dermatite acontece pelo contato com produtos de uso diário e frequente. Tais como perfumes, cremes hidratantes, esmaltes de unha e medicamentos de uso tópico, entre outros. As lesões da pele acometem o local de contato com a pele, podendo se estender à distância.   Alguns produtos causam reações somente após exposição solar concomitante, como o sumo de frutas cítricas e perfumes.

Outros itens podem entrar em contato com a pele quando carregados pelo ar, como inseticidas em spray e perfumes para ambientes.

Confira algumas substâncias que podem causar alergia:

Plantas;

Metais: níquel ou outros presentes em bijuterias, relógios e adornos de roupas ou calçados;

Medicamentos tópicos: antibióticos, anestésicos e antifúngicos;

Cosméticos: perfumes, xampus, condicionadores, cremes hidratantes e esmaltes de unhas;

Roupas e tecidos sintéticos;

Detergentes e solventes;

Adesivos;

Cimento, óleos, graxas e tinta de parede.

O diagnóstico pode ser esclarecido por meio de um teste alérgico de contato (patch-test), que consiste na aplicação de 30 a 40 substâncias na pele das costas. Esses adesivos ficam na pele por 48 horas. Depois se observa se causaram alergia no local.  De acordo com a substância testada, pode ser sugerida a causa da dermatite de contato.

Os sintomas da dermatite de contato são diversos e dependem da causa: ardor ou queimação até intensa coceira (prurido). As reações alérgicas podem ocorrer repentinamente ou meses após a exposição a uma substância, o que pode dificultar na descoberta do agente causador da alergia ou irritação.

A dermatite alérgica, muitas vezes, provoca uma erupção vermelha no(s) local(is) no qual a substância entrou em contato. A reação alérgica surge de 24 a 48 horas após a exposição. A lesão pode ser vermelha, inchar e apresentar pequenas bolhas; ser quente; ou formar crostas espessas.

Na dermatite irritante, os sintomas são mais discretos, com pouca coceira e sensação de dor e queimação. Ela torna a pele seca, vermelha e áspera, sendo que fissuras podem se formar no local. As mãos são um local comum da dermatite de contato.

O tratamento, feito por um médico, depende muito da extensão e da gravidade do quadro, e as medidas poderão ser apenas locais ou incluir a utilização de medicações via oral ou injetável.  Cremes ou pomadas de corticosteroides são utilizados para reduzir a inflamação da pele.

Em caso de alergia, a pessoa jamais deve se automedicar ou fazer uso de receitinhas caseiras, pois elas podem agravar ainda mais o problema. O correto é procurar sempre um médico.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *